quarta-feira, 4 de julho de 2012

Diário de uma bailarina de férias -- A arte de observar

Ah, o mês de Julho...! Essas supostas férias que, para uma bailarina adulta, de nada servem. Se bem que desta vez eu finalmente consegui tirar 15 dias para ir ao Rio (novamente) visitar minha família. Mas na prática mesmo, enquanto crianças e adolescentes se divertem em quase um mês sem aulas, os adultos acham estranho interromper de repente o balé.

Então, por que ficar parado? No Rio conheço uma escola na Barra que não para suas atividades, cobrando por aulas avulsas. Vale a pena procurar uma dessas na sua cidade.

Para quem prefere ficar em casa relaxando, um bom alongamento diário com um ou outro exercíciozinho nas pontas (só para não "esquecer") é super válido. O que vocês fazem nas férias para não enferrujar?

Uma outra ótima opção é assistir a videos e documentários de ballet. Esta é a parte que mais gosto! Você pode substituir seu horário de aulas assistindo (com olho técnico, para aprender também, né?) aos seus repertórios favoritos. Porque se tem uma coisa que aprendi, e que é super importante, é a arte de observar. Eu sempre curti desenhar, desde criança, e quando queria copiar algum traço (como de personagens da Disney), eu observava muito a figura antes de começar. Observava, tentava, apagava, olhava de novo, fazia de novo. Isso me fez desenvolver uma atenção especial, que direciono também para a dança.

Desde a minha primeira aula de ballet, assisto aos vídeos com outros olhos, observando cada movimento, como ele é executado pela bailarina. E isso me ajudou dentro da sala de aula quando, na frente do espelho, eu observo meu próprio corpo. É gostoso também imitar a postura, a interpretação, a parte da dança e não só a técnica. Minha professora costuma dizer que temos que dançar mais, que não adianta somente executar os passos. E observando as bailarinas profissionais em video, você finalmente entende o que isso significa. ;)

11 comentários:

FranMiciano disse...

Ah eu amo e odeio as ferias ao mesmo tempo! as aulas sempre param ou diminuem seu ritmo. Pra não esquecer de tudo, vejo videos quase 30 horas por dia enquanto me alongo. Alias, o alongamento eu faço o dia todo, rs Aí quando as aulas voltam a gente não fica todo duro né?!

Rafaela Araujo dos Santos disse...

Olá, sou de Aracaju e a minha academia só fecha na época de feriado! Ufaa
Agora no mês de Julho a professora, que é dona tb, está fazendo um intensivão das férias. Ela aproveita o período que os alunos que estão de férias da escola ou faculdade para dar aula todos os dias! Eu adoro, pq as minhas férias do trabalho nunca coincide com a deles, então eu nunca fico parada!!
A gente só tem descanso em feriadões e depois da apresentação de final do ano (que ela sempre faz em Janeiro), que ela fecha a academia durante 10 dias. Aí sim temos as nossas férias! kkkkk
Beijos

Anônimo disse...

carol vc poderia postar algum video seu dançando ne?

Amanda Paiva de Carvalho disse...

As férias causou uma tristeza enorme em minha turma, infelizmente não encontramos nenhum curso para dançarmos nesse período, então o jeito é aguardar que o tempo passe rápido.

Com certeza o alongamento não pode ser abandonado durante as férias. Vou tentar assistir seguir sua dica de assistir os vídeos também.

Beijos

Amanda Paiva
Blog Simplicidade
http://simplicidadepenochao.blogspot.com/

Anônimo disse...

Eu fiz ballet na adolescência, fiquei 15 anos parada e agora aos 31 resolvi voltar. Voltei no começo do ano e nao pretendo entrar de ferias (faço na Deborah Colker, que fica no Rio e lá temos a opção de aulas durante as ferias). Fica a dica tb já que você vem para o Rio.

Melissa de Sá disse...

A academia em que faço não fecha nas férias de julho, só nas de janeiro, e a professora vai dar aulas extra de graça pra gente nessas férias! Poxa, muita sorte!

Gostei muito do seu blog, achei muito legal trocar experiências com outras bailarinas adultas. Eu comecei mês passado, mas estou muito empolgada. É algo que sempre quis fazer, mas sempre tive vergonha. A minha professora de alongamento (que também é de balé) que disse que eu tinha um jeitinho e me incentivou. Agradeço muito a ela! Principalmente por ser paciente e aceitar que não sou magérrima, não me cobrando pra emagrecer.

Geisa Vitte e Amábilly Furtado disse...

Oi Carol, as férias as vezes são um drama as vezes são boas, mas eu acho que é muito importante pra gente ver o que poderíamos melhorar(isso nós devemos fazer sempre, mas as férias é uma coisa especial de mais), essa dica de observação é muito boa mesmo, eu ja gosto de fazerisso e agora vou me consentrar mais nisso tbm!!!

bjs... Amábilly!!

Maria Clara Araújo Oliveira disse...

Realmente,é um drama...parece que nós ficamos enferrujadas!!!
Antes eu não treinava durante as férias,mas,como é meu primeiro ano nas pontas(o que eu esperei desde os oito anos de idade...), estou treinando mais e mais e, assistindo os vídeos de Robbie(que também é bailarina)esse é o link: http://www.youtube.com/user/mydancetv/videos
Antes que eu me esqueça,sou apaixonada pelo seu blog e adoro as dicas!

Maria Clara disse...

Bailarinas, ontem fiz um blog : bailarinahojeesempre.blogspot.com.br


Obrigada! ♥

Marina disse...

Oi Carol! Achei seu blog pelo google por um acaso e adorei! Também recomecei o ballet agora, com 21, quase 22 anos, então é bom ter experiências de alguém que passou pela mesma situação!

Também sou de Brasília, e fiquei com a curiosidade de saber o nome da sua academia, já que você parece gostar tanto dela =)

Beijos!

Thaila Mainã disse...

E em Brasília? O que podemos fazer? Eu faço Ballet no Claude Debussy, mas lá nunca tem aula de Ballet nas férias. O que você indica?
Beijos, adoro o blog ;*