quarta-feira, 20 de junho de 2012

Por que não?

Acabo de voltar da São Paulo Fashion Week. Uma SPFW cheia de... coques!

André Lima

Como bailarina, senti uma certa identificação com todos aqueles penteados, como se fosse algo muito meu, muito familiar. O mais bacana era que cada um era diferente do outro e eu pensei "por que não investirmos em coques diferentes para dançar?" Seja na sala de aula, seja nas apresentações.

Há tantas apresentações inspiradas em temas modernos, inventados... Se podemos fugir do clássico na coreografia, podemos tamém fugir do clássico na hora de se arrumar. Eu apóio.


Adriana Degreas

Todas as fotos: Carol Lancelloti
 

6 comentários:

Wild Mermaid disse...

Coques são mara!
E as fotos estão lindas!!!

Flights and Dreams

Anônimo disse...

Ola Carol, eu soube que vc faz ballet na Escola de dança Monica Maia Brasília, pois é eu também só que eu começei esse ano. Vc vai apresentar nesse espetáculo do meio do ano (As Viagens de Matilda)?

Taiane disse...

Olá adoro seu blog, acabei de fazer um sobre ballet tambem.. tem como da uma força? Obrigada =)

Gabriela Ferreira disse...

Sempre tive esse mesmo ponto de vista a respeito de mudar um pouco, você disse tudo! :)

Parabéns pelo blog, é ótimo ver que outras pessoas no mundo do ballet passam pelo mesmo que passamos e conseguem passar por cima. Beijos

Gabriela Ferreira disse...

http://dapontadospes.blogspot.com.br/
visitem ((:

Camila Jasmin disse...

Apesar de ter amado os coques, será que eles seriam... práticos?
Já vi um pessoal inovando nos penteados dos bailarinos principais, mas o corpo de baile mesmo sempre o bem tradicional.
Mas não custa nada mudar de vez em quando, né?
Beijos