sexta-feira, 23 de março de 2012

La Bayadère



Ontem assisti La Bayadère pela primeira vez.

Já havia lido sobre, assistido algumas poucas partes, mas desta vez pude assistir ao ballet inteiro. Prometi a mim mesma que iria organizar minha vida em 2012 para isto e tem dado certo. :)

A versão que tenho aqui é uma da década de 90, encenada na Ópera de Paris, com Isabelle Guerin como Nikiya. Gostei bastante porque é completamente diferente dos clássicos cheios de mocinhas e tutus.

Isabelle Guerin, 1992

É ótimo ver um ballet com referências orientais, completamente diferente. Há cambrés incríveis (ai, minhas costas! eu quero!), passos cheios de malícia, barrigas de fora, figurino e cenários exorbitantes (e olha que estreou em 1877!)... Eu só acho que podia ter ainda menos tutus bandeja! haha O figurino deveria ser todo indiano.


La Bayadère estreou numa época em que a moda (e todos os demais artistas e criadores) estava voltada para o Oriente, o que foi um sopro de ar fresco na Europa. O filme Moulin Rouge também retrata este auge da belle époque muito bem (amo!)


A coreograia é de Marius Petipa e fica boa mesmo no 3o ato (o mais lindo de todos). Antes, disso, é só historinha. E eu gosto de ver ação, dança! haha

É lindo visualmente. Eu adoro um visual, vocês sabem...



8 comentários:

Sissy disse...

Minha primeira apresentação (ano passado)! lindo, tudo lindo! as musicas, o figurino, tudo diferente! surpreendeu a todos!
bjos

Swy Teófilo disse...

Esse é meu segundo Ballet favorito (o primeiro é O Lago dos Cisnes, num apertadíssimo primeiro lugar)

Anônimo disse...

Ola Carol,achei seu blog e já virei fã pois vou iniciar aula de balett na segunda e estou mto feliz.Depois conto como foi!
Bjs
Nancy

Anônimo disse...

Assista também a versão coreográfica da Natália Makarova (Royal Ballet, La Scala, ABT) que contém um terceiro ato (e uma belíssima variação da Gamzatti).

Cool blog 8)
Bjs, Lúcia.

denny_bailarina disse...

Oii...tbm amei este ballet, justamente por ser bem diferente dos outros, figurino e tal. Ainda não consegui assistir inteiro mas vou consegui um dia =D rs
Beijos ... ta muito legal o post, deu mais vontade de assistir ainda.

Studio Dança Tamara Lisa disse...

Em termos de cenários e figurinos, com certeza essa versão é a mais linda de todas!!! Mas também assino embaixo o que a Lucia disse, veja também a versão da Natalia Makarova (lá no videosdeballetclassico.blogspot.com tem 3 por falta de 1 rs). Essa montagem é muito importante pra história da dança, pois a makarova foi a primeira a montar uma coreografia que recriou o 3º ato original, com o casamento da Gamzatti, a destruição do templo e o reencontro de Solor e Nikiya do outro lado da vida... Simplesmente lindo *-*

Gostaria de aproveitar o ensejo e convidá-la a conhecer o blog da escola de dança que eu faço aula. Estou escrevendo matérias bem interessantes...
studiodancatamaralisa.blogspot.com

Grande Bj!
Julimel

Daniela disse...

Oi Carol!
Queria uma opinião.
Tenho 21 anos e sempre tive vontade de fazer balé, mas só tive oportunidade agora. Porém eu sou muito alta (1,76) e não sei se seria muito adequado eu fazer balé com essa altura. O que você acha?
Obrigada

Yasmiin Mello disse...

Oii adorei o blog!
segue o meu blog???
www.bailarinamakeup.blogspot.com
=)