quinta-feira, 3 de março de 2011

a complicada 4a posição



Desde que entrei na nova escola de ballet, venho percebendo que minha professora, Mônica, não nos manda fazer a 4a posição em exercícios na barra. Ela pula direto da 2a para a 5a. Só fazemos a 4a de vez em quando, no centro, ou na preparação para piruetas e saltos.
Eu fiquei quieta, pois nunca gostei de fazer 4a posição mesmo. haha Vamos combinar que ela é o pesadelo de 90% das bailarinas. É a mais difícil de fazer e, pra mim, tinha um grau de dificuldade maior, porque meu pé "torto" caia para dentro como em nenhuma outra posição, de forma que era praticamente impossível de consertar. Um belo dia, minha professora decidiu explicar o por que de não utilizar essa maldita 4a nas aulas: ela é a posição que mais causa lesões! Inclusive, explicou que algumas escolas do mundo já pararam de exigir a 4a posição em seus exercícios. Amém!
Eu tentei pesquisar na internet a respeito, mas até então, não descobri nenhum texto confiável e bem explicado... Assim que encontrar, posto aqui pra vocês.

E vocês? Têm dificuldade na 4a?

Ah, uma outra coisa que tenho notado nas aulas, que não sei se também acontece com outras meninas: as sapatilhas estão dificultando meu trabalho de en dehors. (Bem, pode ser também o piso da sala de aula) Elas não têm atrito e, consequentemente, meus pés escorregam o tempo todo! Quando faço os exercícios na varanda, descalça, sinto que trabalho muito mais e meus pés ficam bem firmes no chão. Na minha sala antiga tinha breu para quem quisesse. Tenho que descobrir algum lugar aqui em Brasília que venda. Alguém sabe?

beijos, ballerinas!

22 comentários:

izabel disse...

como assim nao tem breu na sala??? nunca vi isso, breu é mais que necessario!
sobre a 4, o problema maior em exercicios com ela é o tamanho da abertura (que deve ser de um pé seu) e a posição dos quadris... sempre me policiei com isso e conseguia usar a 4 tranquila, e até gostava haha :)

Lucas Alencastro disse...

oi, olha eu sou um bailarino, de primeira viajem também comecei ano passado, tenho muitas dificuldades, adorei seu blog, e sim tenho dificuldade com a quarta posição, caraca é estranho força muito sei lá, eu fico com medo sempre de me machucar =D

monica disse...

oi carol!
Passando para ver como andam os posts... O uso do breu deve ser direcionado de acordo com o piso da sala, não é todo emborrachado que suporta o uso desta substância. No caso da nossa sala de aula, o breu "rasgaria" o piso em pouco tempo. Infelizmente, não é toda academia que tem condições financeiras de manter um piso emborrachado de alto nível para o uso do breu e outras coisas mais. O importante é o trabalho de en-dehor ser bem feito, direcionando o corpo aos poucos para a posição correta de pés e quadris. Um piso escorregadio atrapalha, claro, mas em hipótese alguma deve ser o corpo forçado a realizar uma atividade de forma repetitiva a prejudicar articulações e músculos. O trabalho consciente é sem dúvida, ainda, a melhor opção! beijooo!

May Mello disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mayara Bandeira disse...

A 4a posição realmente é uma das piores pra mim também, toda vez que tem exercício de plié e grand plié na barra, quando chega a 4a posição meus joelhos doem bastante, como se estivessem forçando além da conta...

:*

@bandeiramay

a bailarina disse...

para minha sorte não tenho dificuldade na 4a, mas sei q para muitas é um pesadelo, assim com a
5a é para mim...
bjs e até

Isabela Sousa disse...

Na quarta, nem tenho muita dificuldade! O problema é a 5ª mesmo, já que não tenho pernas finas, é difícil manter a posição. =/
Mas pensando bem, a 4ª deve prejudicar sim com o tempo... Força muito!

Quanto ao piso: sua sala não tem linóleo??? Porque se for de madeira e sem breu, realmente escorrega.

Beijos Carol

www.bailarinadecorpoealma.blogspot.com

Isabela Sousa disse...

Acrescentando: o que a Izabel disse é verdade! A distância entre os pés na quarta é do tamanho do seu pé! ;-)
bjos Carol

*May Lopes disse...

Oi Carol!
Primeiro queria dizer que eu queria muuito ajudar na sua votação,mas nem tenho facebook!
Pode deixar que vou pedir para algumas amigas minhas do ballet que tem pra te ajudar ok?

Eu amo a quarta posição,acho que meus pés ficam lindos,mas quando a professora manda fazer plié e ter que colocar o peso bem distribuidos no meio das pernas...aí se torna as trevas.
Quando der da uma passada no meu blog!Vc foi a inspiração para que eu cria-se um blog sobre ballet,seria importante pra mim vc dar uma passada lá!
Beeijos!

Gabrielle Nemer disse...

Comecei a fazer a 4a faz pouco tempo. Não sou do tipo que gosta de mudanças, mesmo que as vezes elas sejam necessárias, mas tive muita dificuldade e não gostei nem um pouco. Bjs Carol boa sorte com o Breu rs. La na minha sala de aula não tem Breu não, pelo menos eu nunca vi.

Geovanna... disse...

Olá Carol, passando por aquii de novo...
é 4ª posição tambem é complicado pra mim... meu pé fica " rolando " pra frentee tenho que abrir muito en dehors...

vida de bailarina é complicada neh? mas é muitoo bom rs
beijo

beatriz disse...

nossa, eu não conseguiria fazer a aula direito se não tivesse breu, eu uso MUITO. Vc tinha que falar p/ a sua profª ou p/ a dona da academia/escola onde vc dança comprar, e tb tem o linoleo que não escorrega e não precisa de breu =D

Tays disse...

4º posição é terrivel no centro para mim.

Na verdade sair de uma quarta perfeita para fazer pirueta ainda está sendo dificil. Mas quando consigo a pirueta sai limpa. Vai entender !!! rsrsrs


Quando ao breu, nunca usei. tive dificuldades qnd minha Prof colocou linóelo novo juntando minha sapatilha nova(meia-ponta), bem no dia do exame.

Fiz o que fazemos a sapatilhas de ponta tentei desgastar ela, sujei a sola. Funcionou hahaha

Eu e minhas loucuras hahahaha

Bjs....

Daniele Santiago disse...

oi Carol
na minha cidade encontro breu em lojas de materiais de construção ou ferragens!!!hehehe...
abraços Dani

Carol Lancelloti disse...

Ballerinas, minha sala é de linóleo, sim. Mas mesmo assim, sinto que escorrega um pouco. O atrito dos pés descalsos é bem "melhor", por assim dizer... Deve ser a sapatilha velha entao.
Beijo, Carol L.

Jade Christinne disse...

Oii Carol!

Não tenho tanta dificuldade com a quarta posição mas a quinta posição realmente para mim é a mais complicada...

Mas enfim... Não tem breu na sala?
Bem na minha sala tem um rolo sobrandoo...

Se vc quiser entrar em contato...

jadechristinne@hotmail.com

:)
Beijos

ballet4everjade.blogspot.com

Andreia disse...

Ola Carol,

Parabens pelo blog!

Realmente a quarta posição deve ser introduzida e trabalhada com cautela e atenção. Cuidadinho com o joelho da perna posicionada atras. Bjs!

http://bolsadeballet-bale.blogspot.com/

Julimel disse...

Ah... agora entendo pq meu prof só vai até a 3º posição nos exes de barra (ele deixa a gente usar a 3º - ou quinta mal fechada, como diria uma amiga minha - justamente pra gente acostumar com a quinta posição), afinal estamos no 1º ano!!! eheheheheh

Da uma passadinha no meu blog:
http://videosdeballetclassico.blogspot.com/

Bjus!!!!

Ju Sales disse...

carol, não sei se funciona no linóleo, mas durante um tempo fazia aulas numa sala com tábuas corridas e era MUITO escorregadia, nem breu dava jeito então eu umedecia a sola das sapatilhas (de meia ponta) o que proporcionava um melhor atrito e me dava mais segurança.

Sapatilhas fazem parte do ballet,mas eu particularmente tenho enorme problema com elas, porque preciso comprar de meninos já que as estreitas fazem com que eu caia o peso sobre o mindinho e comprometa minha meia ponta.

Beijoa

Judith disse...

qual a academia de ballet em brasilia que vc frequenta? tinha pensado em começar, mas não tenho indicações! beijos, adorei o blog

carol lancelloti disse...

Oi, Judith.

Eu faço na Mônica Maia.

Beijos!

Fê disse...

eu compro pedrinha de breu em loja de construção. é só bate que ela esfarela ^^