quinta-feira, 28 de outubro de 2010

desafios

Essa apresentação de final de ano será a mais tumultuada de todos os tempos pra mim.

Pra começar, sou um "passarinho personagem" em A Branca de Neve. Tenho cenas e pequenos passos de coreografias para decorar e inclusive, queridos leitores, eu dançarei com o baby class! rs Sim, serei uma das "adultas-guia" e terei que fazer todos aqueles passinhos fofos no palco... hahah Acho que a única profissão do mundo artístico que nunca senti vontade de seguir foi a de atriz. Acho extremamente complexa e nunca entendi muito bem essa coisa de conseguir ser outra pessoa e incorporar um personagem. Aos poucos, estou perdendo a vergonha de ser um passarinho alegre e cantante. Quero ver na frente de todos, no ensaio geral... Porque, entendam, meu problema não é o público. Quando estou no palco, quando é pra valer, eu consigo ser quem eu tenho que ser. O problema é com as luzes acesas e pessoas experientes me olhando....

Fui convocada também para dançar Yesterday na 2a parte, que será uma dança contemporânea. Adoro desafios no ballet e decidi aceitar esse. Não curto dança contemporânea, mas acho que também nunca me aprofundei/pesquisei o bastante. Se a minha professora me indicou, é porque confia em mim e sabe que posso fazer, né? Vou dançar com meninas e mulheres de diversas modalidades e a coreógrafa não é a minha professora - o que deu um pouco de medo inicialmente. Eu amo o clássico. Não ligo pra jazz, aquelas coisas de ficar se jogando no chão.... rs sou toda dura no pescoço e tenho um pouco de vergonha de mim mesma dançando uma modalidade mais ousada, confesso. No clássico, encontrei segurança, estabilidade. Justamente por isso, decidi me desafiar e aprender mais. Já dancei, no final do ano passado, um jazzinho meio contemporânero. E foi uma ótima experiência. Essa coreografia é ainda mais esquisita... tem aquela coisa de se contorcer, rolar no chão... haha Mas é bom fazer o que nunca se fez antes, estou adorando! Tenho sede de conhecimento... Espero me sair bem.

12 comentários:

Ana Paula disse...

Vou dizer que depois de um ano de moderno cheguei a conclusão que essa modalidade não é pra mim. Mesmo assim valeu a experiência e as coreografias de final de ano serão bem esquesitas.
Mesmo assim vale a pena.
Beijos

lalinha disse...

oie eu acho q vc esta certa de experimentar coisas novas tenho certeza q vai ser uma otima experiencia para vc boa sorte !!!

Leticia disse...

Carol
Que lindo... você dançará com o baby tb! Normalmente são os mais aplaudidos no espetáculo. Lá na escola só vai ter uma música que misturará turmas, que é o Café Arabe... mas não consegui me comprometer com esta turma (apesar de achar lindo, vão misturar ballet e dança do ventre). Com o casamento, mudança de casa, cursos... não tive como fazer os ensaios, que são de sábado.
Vou dançar só uma coreografia este ano, que será a primeira vez na ponta... estou morrendo de medo. Seremos os flocos de neve. Estamos já limpando a coreografia, mas tem mta coisa para mexer!
Beijos
lelê

Cristhiane Schyschow disse...

POxa, pena que você mora no Rio.
Gostaria muito de te ver dançar!!!

Bjão

Cristhiane Schyschow disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jade Christinne disse...

Vai se sair bem siim, Carol!!
Parabéns pelo papel!!!

Beijos...

escrevendo com os pés disse...

Oi Carol, qto tempo.

Danço Jazz, ballet(mais ou menos, mais pra menos)e moderno.

Vivencias são uma ótima escola de aprendizagem e auto-conhecimento.

Nos facilita escolhas.

Saudades!!

Letícia disse...

Amo novas modalidades, boa sorte nas coreografias, passa no meu blog http://eutambmdanoballet.blogspot.com bjs

lbnogueira disse...

Oi Carol. Eu danço jazz ha quase 4 anos e ballet não é muito meu forte. Mas é legal lembrar que aprender mais estilos de dança pode agregar otimas tecnicas à que já é conhecida, no seu caso, o ballet. Divirta-se nas aulas e verá que logo logo ja vai ter se acostumado.

CMJ:. disse...

Ai que diver, achei que eu era a única bailarina de 20 anos que ia ser a guia das pitoquinhas!!! Sucesso

Leticia disse...

Carol,
como sempre comento neste blog... vim até aqui pra dizer, que depois de ver vários tweets seus, fui ver o blog da lagarta e tb vi a segunda edição... menina, o que são aquelas fotos da Odile? ficaram lindas... Parabéns!!!!
(tinha que vir até aqui para elogiar!)
Beijos
lelê

Laura disse...

"sou toda dura no pescoço e tenho um pouco de vergonha de mim mesma dançando uma modalidade mais ousada, confesso. No clássico, encontrei segurança, estabilidade."

Nossa, Carol! Eu sinto exatamente a mesma coisa, só que nunca tinha parado pra pensar, ou expressar em palavras esse sentimento, esse seu trecho fez isso direitinho!
Espero que você consiga escrever por aqui mais seguido, fazia tempo que eu não vinha visitar, mas gosto muito do seu blog! Boa sorte com a mudança!
Beijos