sexta-feira, 16 de julho de 2010

confissões e repertórios favoritos

Tenho que confessar algumas coisas:

Não tenho me dedicado tanto ao ballet fora das salas de aula. Não estudo em casa, não leio livros, não vejo ballets. Depois que acaba meu horário de trabalho, só quero saber de descansar e de programar a próxima Lagarta. Nem isso eu deveria fazer, pois minha médica (cardiologista, homeopata e acupunturista e considerada por mim, minha terapeuta haha) disse que eu tenho que me conectar com o lado direito do meu cérebro e voltar a criar. Não escrevo mais, não desenho mais, quase não canto... Só faço trabalhar e ser racional. Perdi minha veia criativa. E ela me passou de dever de casa para a próxima consulta em Agosto, desenhos e textos. Até agora, só escrevi 2 textos e tentei um desenho... Não há espaço para o ballet, essa é a verdade. Agora que estou de férias (não suporto essa coisa de férias do ballet), tenho que me forçar a fazer alguma coisa em casa, alongar...

Confesso também não ter paciência para ver alguns ballets de repertório. Tem aqueles que amo! Mas são poucos. Não tenho nem interesse por alguns... ou começo a ver e acho extremamente chato, como La Sylphide. Li a história e adorei, mas na hora de ver o vídeo, quase dormi.

Estava esperando ter mais tempo para ver mais ballets para dizer os meus favoritos, mas decidi lançar logo a lista, pois a decisão já foi tomada há um tempo. Eu que não queria admitir que não cheguei a comparar todos entre si. rs

1-O Lago dos Cisnes
2-A Bela Adormecida
3-Branca de Neve



prontofalei!
Esses são os que mais amo, os que assisti e amei e assisto sempre! Pode ser que mude de idéia no futuro, mas esses são os top 3. Talvez, por mexerem muito com o lúdico e histórias de seres mágicos, fadas... Também tenho essa ligação com contos da Disney e histórias que ouvia quando era criança.

O Lago tem a música perfeita, o figurino perfeito, a história perfeita e os movimentos perfeitos na coreografia... Não tem como não amar. Desde que assisti pela primeira vez, apaixonei.








O Quebra-Nozes quase foi pra lista também, por carregar todo esse clima. Quero poder terminar Sonho de Uma Noite de Verão e começar La Bayadère, que parecem ser repertórios que vão me agradar.



___________________________________

Esther, respondendo à sua pergunta nos comentários: eu sou daquelas que acha necessário estudar, fazer um curso superior, etc. Sei que tem muita gente que se forma "na vida", mas eu, pessoalmente, acho que precisei desses anos de faculdade. Mesmo não sendo nem metade do que eu imaginava, aprendi muitas coisas lá, tive professores brilhantes. Mas também tive professores terríveis, ignorantes, ultrapassados... Acontece. Por isso que só a faculdade não resolve. Estagiar e trabalhar é fundamental. Como estagiei e trabalhei desde muito cedo, essas oportunidades também me ensinaram bastante durante minha formação. Acho que é a combinação perfeita: estudo + aprendizado no trabalho + paixão.

8 comentários:

*May Lopes disse...

Olá Carol!
Saudades de seus textos...
=)
É verdade...é muito difícil ser uma bailarina adulta não é mesmo?
Mas o segredo é não se deixar desanimar!Força nas sapatilhas menina!

Esther Overcoming disse...

Eu também acho isso! A faculdade é fundamental, aprendi e estou aprendendo muito! Mas viver a moda que é o que há! rs
O estagio ideal e trabalhar na área é o meu sonho! Quero ser boa profissional! rs

Leticia disse...

Nossa Carol, quantos assuntos diferentes! Vamos por partes! rsss
Eu também estou como você, sem tempo de me dedicar ao ballet, isso me aborrece um pouco, porque a professora me passou exercícios para fortalecimento, mas não consigo fazer, não dá tempo!! Eu estou para casar, além disso a minha rotina profissional está bem complicadas. Inclusive terei que abandonar uma das minhas turmas (faço 3x por semana)... isso é triste, né? É a dura vida de bailarina adulta.
Segundo assunto, também acho que facul é super importante, mesmo sabendo que a prática é tudo na vida, acredito que o amadurecimento que tive neste momento foi muito importante para as minhas escolhas profissionais e pessoais.
Terceiro assunto, crise criativa... tenho falado muito sobre isso na terapia (sim, faço terapia, porque nenhuma médica minha é tão bacana como a sua...). Sou arquiteta, mas trabalho em uma área mais comercial, não tanto de projeto. Também entrei em crise por excesso de criatividade, falta de expôr este meu lado. É fato que escrever um blog sobre decoração, trem resolvido parcialmente este problema, mas não totalmente... também sinto falta de escrever (escrevia poesias), desenhar... criar mesmo... mas a falta de tempo é meu maior inimigo. Pretendo voltar... eu comecei a costurar, mas não consegui levar muito a diante com o casamento, mas queria criar algumas peças... de decoração, é claro!

Boa sorte nas suas criações e acho que ela tá certissima!
Beijos
lelê

Julimel disse...

Com certeza meu top 3 é o trio tchaikovsky: O Quebra-Nozes, O Lago dos Cisnes e A Bela Adormecida! Acho que é por isso que posto tantas versões dessas peças no meu blog, amo de paixão!!!!!!!!!!!!
bjão linda^^

Juliana ' disse...

Oii Carol!!
Sempre gosto dos seus posts', e gosto mais ainda da sua sinceridade - nem todos os repertórios são legais.... Outra coisa: Também DETESTO ter que ficar de férias do ballet, mas ooh, não sei se isso vai ajudar em alguma coisa, mas espero que ajude.. bom, agora, nessa coisa de férias, mesmo que eu to em casa, eu me arrumo à carater, como se fosse pra aula, vou pra um quarto vazio que tem na minha casa, coloco música e repito as aulas que eu lembro, faço exercícios de força, essas coisas, como se eu estivesse na escola, tenta isso, não sei se ajudou, mas..... E Carol, tudo entra nos eixos uma hora, a vida é assim mesmo, altos e baixos, mas Nunca desanime.

Beeijinhos, <3'

Daniele Santiago disse...

oi
Não se preocupe em não ter tempo para o Ballet... pois chega um momento em que dançamos que temos que fazer escolhas do tipo: descansar ou descansar!!! as vezes cansa um pouco tudo isso de ballet... mas não te preocupa, pois se vc ama mesmo a dança, depois do descanço dá mais vontade de dançar!!! hehehe... eu danço a 5 anos e dou aula de ballet também, e às vezes me vejo pedindo um "stop"... é normal, até porque temos muitas outras coisas na vida!!! mas não desista, e continue desenhando!!! PS: desculpe o comentário enorme!!!

Jade Christinne disse...

Oi flor!
Também amoo esses repertórios!
Principalmente a BELA ADORMECIDA...Que para mim é um dos melhores que já assisti!!!

:) Beijinhos

Stephanie disse...

Carol, é a Stephanie, da NAC! :)

Cara, eu me desanimo muito com os balés de repertório, às vezes, também. Você já tentou a dança contemporânea? Eu, particularmente, gosto mais. Assiste no youtube as coreografias do espetáculo Lecuona, do Grupo Corpo. Acho que você vai gostar. A técnica deles é praticamente toda de clássico e as coreografias são lindíssimas!

Beijocas.