sexta-feira, 25 de junho de 2010

fazendo ballet com adolescentes



Passar da turma de adulto para a turma do básico II foi uma das melhores coisas que me aconterecam e apesar de minhas companheiras de turma saírem da faixa etária 18-40 para a de 10-16 anos, não tem sido chato e estranho, como eu esperava que fosse ser. Na verdade, é bem gostoso chegar no ballet e lidar com meninas mais novas, com aqueles assuntos de sempre (escola - namorado - mães). Tive sorte de pegar adolescentes calmas e maduras, que não são agitadas e que na hora da aula respeitam bastante a professora - apesar de serem um pouco avoadas. Mas quem sou eu pra questionar isso, né? Mesmo me esforçando, muitas vezes me pego com a cabeça na Lua e bocejando durante os exercícios na barra. Na verdade, acho que bocejo durante quase toda a aula. Não por desinteresse, mas por estar muito relaxada. E acho que o meu estado de relaxamento também se deve a essas meninas. Ali, não sou mais a Carol-fotógrafa-adulta-estressada. Sou simplesmente mais uma bailarina da turma. Não ter companheiras mais velhas para me lembrar dos problemas e afazeres da minha vida fora dali é muito bom e me faz ter melhor desempenho. Realmente me desligo do mundo, entre risadinhas de meninas super agradáveis e a dança.

Somos 6 e vamos nos apresentar juntas mês que vem. A única coisa ruim é dançar com algumas que não se dedicam 100%. Mas isso não tem nada a ver com idade, pensou eu, mas sim com paixão. Em turmas de adulto é mais fácil encontrar pessoas dedicadas porque essas se encontraram de verdade ali, ou estão realizando um sonho... No caso das adolescentes, algumas nem sabem por que estão ali. A mãe matriculou e ela ficou.

No palco, ninguém dirá que tenho 22 anos, pois realmente não pareço ter. Uma das meninas até me disse "eu achava que você tinha 15 anos!" haha

Minha professora disse que se mantém jovem por causa do contato com muitas meninas novas. Espero que seja assim pra mim também.


*desculpem meu post mal-escrito. estou com sono, mas queira muito escrever sobre isso hoje.

segunda-feira, 7 de junho de 2010

novas fotos!

Hair, make e fotografia: Tatiana Pomar (porque eu não poderia me clicar, né! haha)
Produção de moda: Carol Lancelloti e Tatiana Pomar

Viva o meu novo corpo que praticamente não precisou de Photoshop! =D
Devo isso ao ballet. =]



quarta-feira, 2 de junho de 2010

dançar como eu sonho

Unhas quebradas, calos definitivos, força de vontade e bom-humor para um dia poder dançar como eu sonho. Tento lembrar sempre dos por quês e do caminho percorrido até aqui. Tenho não me chatear por não ser mais a melhor da turma e entender que, agora, faço aulas com bailarinas que querem ser bem-sucedidas tanto quanto eu. E o sucesso não é uma carreira, mas sim dançar como sonhamos, simplesmente... Subir nas pontas e sentir que são a continuação de nosso corpo. Eu ainda sentirei. Estou quase lá, quase lá...