segunda-feira, 24 de maio de 2010

Encaremos a vida de uma bailarina adulta: nas férias, conseguia atualizar o blog várias vezes por semana. Agora, não consigo nem ir 3 vezes por semana no ballet! Mas são fases, eu sei. Estou adaptando melhor minha rotina aos poucos.
Mas estou feliz em ver mais resultado no meu corpo, principalmente nas minhas pernas. Ganhei músculo, pois sempre me peso e percebi que estava ganhando um pouco de peso, mas ao mesmo tempo, minhas roupas não estavam apertadas e eu não estava aparentando mais "redondinha". rs

Tem sido uma fase de projetos e muitas fotos. O ballet me influencia muito, às vezes, 24h por dia estou lembrando da minha paixão por ele. Penso que queria ver o DVD do Ballet Russes de novo, que ainda não terminei de ver um monte de ballets de repertório que ganhei da Thays e que preciso comprar uma ponta rosa para a apresentação de final de ano (!) Em Julho/Agosto vamos dar uma descansada e trabalhar menos e vou poder me dedicar mais.


O ballet ainda está na moda.
Esses são dois editoriais que salvei nesses últimos meses.
1- Polina Semionova por Peter Lindbergh
2-Irina Lazareanu por David Bellem




sexta-feira, 14 de maio de 2010

the rose

Eis o tema da minha apresentação de Julho. The Rose.

Dessa vez, não dançarei na minha turma de adulto, porque ando sem tempo para comparecer às aulas à noite por causa do trabalho. Achei que conseguiria dançar nas duas, mas a verdade é que muitas vezes o dia me cansa tanto que nem volto para fazer aula de noite; fico saturada. Estou me dedicando mais na turma do básico mesmo...
Minha professora até pediu idéias de tema. Eu era sua única esperança, pois sempre penso em alguma coisa. Mas dessa vez, também não tive tempo para pensar em nada. Ela sugeriu, então, a música-tema do filme The Rose. Eu nunca assisti, mas gosto da Betty Middler e a música é realmente muito bonita. O figurino deve ser todo branco, com meia e sapatilhas cor da pele (ou "nude", como manda a moda haha) e flores vermelhas no cabelo.

Trailler:


Bette Midler cantando The Rose ao vivo:

sábado, 8 de maio de 2010

a dificuldade

Mande-me fazer exercícios intermináveis nas pontas,
Mande-me fazer passos na diagonal e no centro, de debulés a saltos e piruetas
Mande-me decorar e dançar uma coreografia com presença de palco
E até fazer uma aula inteira de chão e alongamento

Mas não me mande fazer uma longa sequência de exercícios repetitivos na barra, que me confundem quando trocam pequenos detalhes... Esses demoram, no mínimo, um mês para serem executados corretamente por mim.

Lembram meus dias de escola, quando não entendia nada que um professor de matemática falava e precisava de professores particulares para conseguir tirar uma nota razoável numa prova. Frustram. Meu raciocínio para coisas muito exatas é lento.

Minha professora sempre diz que "bailarina precisa pensar" e isso me preocupa. Porque pensar demora muito pra mim.


[Audrey Hepburn]