sexta-feira, 4 de setembro de 2009

a primeira aula de ponta

Aula passada minha professora deu a notícia: adiaria a ponta até o meio do mês porque uma aluna demorou pra voltar às aulas depois das férias e também porque entraram duas meninas novas na turma. Vendo a minha carinha de agoniada, ela me ofereceu fazer minha primeira aula com uma turma de meninas de 8, 9 anos, que haviam acabado de entrar pra ponta. Claro que aceitei! Não tenho medo de crianças... rs Uma delas até me ajudou a amarrar o cetim - coisa mais fofa! Chegando na sala, elas me perguntaram se seria eu quem daria aula! hahah "É que eu vi você fazendo aula à noite... Você faz o pas de deux, não é?" - perguntou uma menina. Quando eu expliquei que aquela era minha primeira aula de ponta e que eu era do ballet adulto, acharam estranho. Acho que nunca tinham visto uma bailarina adulta que não soubesse dançar ainda...

Começou a aula. Nos primeiros 5 minutos passaram milhões de coisas na minha cabeça ansiosa-desesperada. Meu pé esquerdo (que é tortinho) estava mais apertado e doendo um pouco mais que o direito - e o direito estava doendo bastante. "Será que aguento, será que vai deformar meu pé mais ainda!?" Mas aos poucos, senti meus pés se adaptando mais às sapatilhas, que ficaram menos apertadas. Adorei a aula. Como tudo que se espera muito, passou rápido. Mas senti muito orgulho de mim, por persistir e ir atrás de um novo sonho. O ballet, cada dia mais, é uma paixão que faz meu coração bater mais forte e que me faz sorrir sozinha, pensando...



Uma notícia legal é que estou ajudando com o figurino da apresentação de final do ano das crianças e adolescentes. A escola está comemorando 10 anos e repetirá um tema que deu certo antes em comemoração: A Bela e a Fera. E esse é um desenho que conheço bastante! Além de ser fã de Disney, esse é o meu favorito.

A notícia chata é que não sei se me apresentarei no final do ano. O custo é muito alto e como sou eu que pago tanto minhas apresentações, como minhas contas pessoais, não sei se conseguirei arcar com a grana e tem data pra pagar. =/

obs: uma dica para joanetes: colocar algodão entre o dedão e o 2o dedo! será que funciona?

11 comentários:

Luk!n#@ disse...

oi...eu tenho 14 anos , completos, e me despertou um desejo mt grande de começar no ballet....mas achava q era tarde então por acaso procurando sobre sapatilhas de meia ponta encontrei o blog... e me deu mais coragem, mt obrigado...
eu gostaria de saber mais sobre as aulas , qt tempo dura pra acabar o curso...td....e quais os requisitos necessários pra ser uma bailarina(esse negócio de peso, altura,...)....xau

meu orkut é: luk@yahoo.com

me add...

Isabela Sousa disse...

Oi!!
Ai, até hoje eu me lembro da minha 1ª aula de ponta. Eu estava muuuuito ansiosa pra isso, e fiquei bem nervosa, mas ao mesmo tempo eu estava tão feliz! Foi inexplicável o que senti naquele momento! :)
Eu não sei se o algodão ajuda, mas tem umas "espuminhas" específicas pra isso, só não sei se elas ficam boas na sapatilha de ponta.
Bjus...=***

Carolina Paes de Barros disse...

aaii que legal! Espero que tenha sido ótima sua aula.
Olha, o algodão vai amasar dentro da sapatilha, e espuminha/silicone não cabe dentro da sapatilha (mal cabe nossos dedos, imagina mais outra coisa!)
Mas assim que tirar a ponta, fique 32 tempos puzando o dedão pra fora (direção contrária que vai o joanete). Vai doer um pouquinho mas dá pra aguentar sim!

e tenta dar um jeitinho pra se apresentar! Não tem nada melhor!! Beeijos

Cássia disse...

Aeeeeeeee, parabéns pela primeira aula, e que venham milhares de outras! Sobre a apresentação, é mesmo muito bacana, vale muito a pena, mas eu entendo o quanto "pesa" no bolso. Ano passado eu gastei tanto, mas tanto, que quando penso eu me arrependo um pouco, sabe? Deveria ter dançado uma coreografia só (não quatro), mas enfim. Não dá para parcelar? Nem que seja uma coreografia só! Mas se não der para dançar esse ano, pensa assim: quando for ano que vem, a sua coregrafia será na ponta! =)

Doce beijo.

Ana disse...

Minha primeira aula na ponta eu fiquei com medo uehueheuehue. Ainda assim é emocionante, amo as aulas de ponta! Uma pena sobre a apresentação!

Anônimo disse...

Parabéns pela sua primenira aula, não vejo a hora da minha primeira aula chegar....... queria uma opinião, minha professora falou que eu não vou fazer o teste de ponta esse ano, pois preciso fortalecer meu joelhos e meu colo de pé, mas eu sei que eu já estou boa, então pensei em comprar as sapatilhas de ponta pra treinar um pouquinho em casa!!! será que é uma boa idéia?
Beijos
Cláudia (claudinha.dallacqua@ig.com.br)

www.Gaby.com.s2 disse...

Claudia, eu fiz isso e descobri que tenho uma boa sustentação na ponta, aí quando a minha professora pediu pra quem fazia aula de ponta levar a sapatilha pro pointe work da royal eu expliquei pra ela e ela disse que eu poderia fazer ponta se eu quizesse depois de ver meu desempenho... Espero ter ajudado...

Carol, parabéns, é um sonho realizado, imagino... Bjos e até

Estúdio de Design disse...

Adorei a descrição da primeira aula Carol! Me deu até frio na barriga!!! Vou passar para a ponta em dezembro, depois do espetáculo, porque estamos ensaiando horrores!
Fiquei na dúvida sobre me apresentar, afinal de contas, estou montando meu apartamento e me caso ano que vem... mas como nunca me apresentei, resolvi apertar os cintos, negociar parcelamento e vou encarar sim!
Beijinhos!
Leticia

Elfei disse...

Interessante, sem querer ser indelicado, acabei de achar esse "artigo" do seu blog procurando por lojas de artigos para ballet na internet - ao que indica é um setor não muito informatizado ainda em vários aspectos, este, compra e venda é um deles.
Fiquei curiosíssimo sobre o fato de ser uma "adulta" que não faz ponta, o que me indica que talvez tenha começado mais tarde do que a idade indicada.

Estou meio na dúvida se vale a pena investir meu tempo nisto além de um mero lazer, ja que comecei com 23 anos - muito tarde- tenho baixa estatura pelo que tenho reparado na maioria dos bailarinos(cerca de 15 cm abaixo de 1,80), mas enfim, digamos que tenho uma enorme admiração por todas as artes "antigas" e que demandem apuro, técnica e muito tempo investidos - talvez contrariando essa modernidade tão frenética.

Parabenizo pelo ânimo em investir numa carreira tão difícil num país como o nosso - Brasil - em que tudo leva para a mediocridade e a cultura fica em último plano, perdendo espaço para a bunda da loira burra da vez.

Qualquer coisa acabo verificando o e-mail todos os dias por conta dos trabalhos constantes com o mesmo.

Abraços

R.T.B.

Raynnara Saraiva disse...

oie..!
meu sonhO é chegar na época de fazer minha primeira ponta..!
sei kii vai de morar um pouco, mas acho ki o mais importante eu tenho: determinaçao, força devontade e paciencia..!
e tira uma duvida minha: seu sobrenome (Lancelloti)--> vc é da família do Conrado Grandino Lancelloti?? por favor me responda.!
no meu blog--> www.geracaoagape12.blogspot.com vou aguardar a resposta...!
bjokas
@raynnarai3
Shalom..

Anônimo disse...

oi
tenho 18 anos e nunca fiz ballet numa escola de verdade.
sempre sonhei em fazer ballet desde q me entendi de gente, mas não sabia onde tinha escola.
resolvi fazer em casa por conta propria.
e desde os 10 anos mais ou menos faço ballet só em casa. queria muito fazer numa escola mas nao tenho como pagar.